Segundo estudo, quem dança é mais feliz e menos estressado

Dizem que quem canta seus males espanta, e você sabia que quem dança também? Um estudo do Centro de Ciências para Cuidados de Saúde, da Suécia, publicado na revista Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine, revelou que os benefícios da dança vão além dos exercícios físicos e perda de peso.

Participaram da pesquisa 112 meninas que sofriam com dor nas costas, pescoço, estresse, ansiedade e depressão. Metade das garotas frequentaram aulas de dança uma vez por semana, já a outra metade não praticou a atividade.

E os resultados foram surpreendentes, as meninas que dançaram tiveram uma melhora significativa na saúde mental. A atividade também as ajudou a aumentar a confiança para lidar com problemas, aumento da autoestima e autocontrole, além de promover pensamentos e sentimentos positivos. O estado de ânimo das garotas perdurou por oito meses após o fim das aulas.

Segundo a precursora do estudo, Anna Dubert, a pesquisa “poderá contribuir para criar novos hábitos saudáveis”. O melhor de tudo é que não importa sua idade ou classe econômica, basta aumentar o som e requebrar.

Entre no ritmo agora mesmo, confira nossa playlist especial para dançar:

http://www.deezer.com/playlist/1220306043

Fonte: UpdateorDie

Deixe uma resposta